Arquivos da categoria ‘Regulamentos’

REGULAMENTO FESTIVAL NACIONAL DA CULTURA GAÚCHA

INSCRIÇÕES

As inscrições, para todos os concursos artísticos, serão gratuitas e deverão ser feitas por uma entidade tradicionalista, através de um representante identificado.

Para os concursos individuais, as entidades poderão inscrever quantos concorrentes desejarem, enquanto que nos concursos de danças tradicionais esse número será limitado em 01 (uma) inscrição.

O Patrão de cada entidade tradicionalista participante dos concursos artísticos DECLARA-SE responsável pelas inscrições e conduta de seus comandados durante o III ENCONTRO CULTURAL E CAMPEIRO, bem como conhecedor de todo o presente regulamento.

A ordem de apresentação de todos os inscritos na parte artística será inversa à ordem de inscrição, ou seja, o primeiro a se inscrever será o último a se apresentar no palco.

As entidades inscritas em etapas do FNCG estão automaticamente inscritas no FNCG, não necessitando inscrição separada. Será obrigatória a utilização da ficha de inscrição padrão disponível no site http://www.fncg.art.br. A ficha de inscrição deverá ser enviada exclusivamente para o e-mail fncg@fncg.art.br de acordo com o prazo de inscrição definido.

Não serão consideradas as inscrições sem a utilização da ficha de inscrição padrão e sem o envio da nominata de todos os componentes dos grupos de danças, dos músicos e dos concorrentes individuais. Se, após a inscrição feita, a entidade mandar correções ou complementos, estará valendo para a ordem de apresentação, a última alteração enviada, seja por e-mail ou pessoalmente.

As inscrições para os concursos artísticos serão aceitas somente das 12horas do dia 05/02/2013  até as 20horas do dia 20/02/2013, junto à comissão de inscrições, através do e-mail fncg@fncg.art.br

As planilhas deverão ser retiradas junto à secretaria do evento somente pelo Patrão ou coordenador da entidade.

OBS: LER COM ATENÇÃO

REGULAMENTO GERAL

1º- O local de credenciamento para os participantes será na Secretaria do Evento.

2º- O  III ENCONTRO CULTURAL E CAMPEIRO acontecerá no Parque Nicanor Kramer da Luz.

3º- Os participantes de todos os concursos deverão estar devidamente pilchados, inclusive para receber premiações.

4º- A entidade promotora reserva-se o direito de não inscrever participantes de grupos, entidades ou CTG’s que, comprovadamente, feriram principio éticos no relacionamento com participantes e integrantes das diversas comissões, nas etapas anteriores do 13º FNCG.

5º- A comissão organizadora não se responsabiliza por quaisquer danos ou acidentes que, por ventura, venham ocorrer com os participantes durante a realização do evento.

DISPOSIÇÕES GERAIS

a) Todos os concursos possuem quesitos próprios para avaliação os quais se encontram descritos neste regulamento. Para cada quesito será atribuída, por avaliador, uma nota, sendo em seguida, somada entre os mesmos para obtenção do resultado final.

b) As entidades participantes deverão ter documentação de identidade de todos os seus integrantes para fins de comprovação de idades. Para tal comprovação, deverá ser utilizado SEMPRE DOCUMENTO ORIGINAL (Cartão Tradicionalista será obrigatório apresentar ou autorização fornecida pela coodenadoria regional, com firma reconhecida em cartório, acompanhada da Carteira de Identidade). Não serão aceitos outros documentos.

c) Fica expressamente proibido, ao concorrente, participar de duas categorias diferentes, por exemplo: concorrer como mirim num concurso e juvenil noutro. Se for constatada esta irregularidade, o concorrente será desclassificado das duas categorias.

d) Serão rigorosamente observados, em todos os concursos, os limites de idade proposto pelo MTG do RS: Mirim 14 anos incompletos, Juvenil 18 anos incompletos, e Xirú (veterano) mínimo 30 anos para peões e 25 anos para prendas. Os grupos do Estado de Santa Catarina no caso da invernada veterana obedecerá ao regulamento do MTG S/C. No caso de comprovação da não obediência desta norma, o concorrente individual estará desclassificado e, se estiver participando do concurso de Danças Tradicionais, o grupo também será desclassificado.

e) É obrigatório o uso da pilcha para todos os concorrentes durante a apresentação e, também, no momento de receber a premiação. Quem não estiver corretamente pilchado perderá até 02 (dois) pontos na nota final.

f) Os concorrentes deverão observar os horários e locais dos concursos, sob pena de desclassificação pelo atraso ou não comparecimento.

g) A Comissão Organizadora reserva-se ao direito de não aceitar a inscrição, nas próximas duas edições do evento, de participantes, grupos ou entidades que, comprovadamente, ferirem princípios éticos no relacionamento com os demais participantes e/ou integrantes das diversas comissões.

h) Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela comissão artística do 3º Encontro Cultural e Campeiro e pelo Comitê Organizador de Festivais de Arte e Tradição – COFAT, entidade que gerencia o Festival Nacional da Cultura Gaúcha.

REGULAMENTO DOS CONCURSOS ARTÍSTICOS

As entidades convidadas poderão inscrever seus concorrentes em todos os concursos disponíveis, atendendo ao regulamento individual de cada um.

O  III Encontro Cultural e Campeiro terá as seguintes modalidades/categorias:

(modalidade) Categoria
Piazito Mirim Juvenil Adulta Veterana Única
Danças tradicionais (Única) X X X X
Chula (Peão) X X X X X
Declamação (Peão) X X X X
Declamação (Prenda) X X X X
Gaita Tecla (Única) X X X
Gaita Ponto (Única) X
Intérprete Vocal (Peão) X X X
Intérprete Vocal (Prenda) X X X
Violão Solo (Única) X X
Conjunto Vocal (Única) X
Danças Birivas (Mostra) X
Danças Açorianas (Mostra) X
Danças Portuguesas (Mostra) X
CAMPEÃO GERAL X

CONCURSO DE DECLAMAÇÃO

Este concurso será desenvolvido nas modalidades peão e prenda, ambas divididas em categorias mirim, juvenil, adulto e veterano.

As poesias apresentadas deverão ter inspiração gaúcha, podendo ser ou não de autoria do concorrente, tendo tempo máximo de 10 (dez) minutos para sua apresentação, perdendo 01 (um) ponto da soma das notas finais da comissão avaliadora a cada minuto ou fração que exceder ao tempo.

Os concorrentes poderão trazer para o palco, acompanhamento musical, sendo que o músico deverá estar corretamente pilchado.

Todos os concorrentes deverão estar presentes no inicio de cada categoria para sortear a ordem de apresentação, quem não estiver para o sorteio será desclassificado. Após encerrar as inscrições, serão divulgados os horários para os sorteios. Não haverá segunda chamada.

Cada concorrente deverá entregar à comissão avaliadora uma cópia da poesia apresentada.

A comissão avaliadora concederá pontos baseando-se nos seguintes quesitos:

• Interpretação: ………………………. até 04 pontos

• Fidelidade ao texto: ……………… até 02 pontos

• Dicção: ……………………………… até 02 pontos

• Postura………………………………. até 02 pontos

CONCURSO INTÉRPRETE VOCAL

Este concurso será desenvolvido nas modalidades peão e prenda, ambas divididas em categorias mirim, juvenil e adulto.

O acompanhamento musical deverá ser feito com instrumentos característicos de nossa tradição, podendo os mesmos ser providos de instalação elétrica.

Não será permitido acompanhamento vocal durante a apresentação do concorrente.

A comissão avaliadora concederá pontos baseando-se nos seguintes quesitos.

• Interpretação: ………………………. até 03 pontos

• Linha melódica: ……………………. até 03 pontos

• Ritmo/afinação: ……………………. até 02 pontos

• Postura Cênica……………………… até 02 pontos

CONCURSO DE GAITAS

Este concurso será desenvolvido nas modalidades gaita piano e gaita ponto, divididas da seguinte maneira: Gaita piano categorias mirim, juvenil e adulto e gaita ponto categoria e modalidade única.

Não haverá distinção: peões e prendas concorrem nas mesmas categorias.

Cada concorrente apresentará um número musical, podendo o tema ser de sua autoria ou não, tendo um tempo máximo de 7 (sete) minutos para sua apresentação, perdendo um ponto na soma das notas finais da comissão avaliadora a cada minuto ou fração que exceder ao tempo.

As músicas apresentadas deverão ser de inspiração gaúcha.

A comissão avaliadora concederá pontos baseando-se nos seguintes quesitos:

• Execução: ………………………….. ..até 04 pontos

• Linha melódica/harmonia:……….. ..até 02 pontos

• Ritmo: ……………………………….. ..até 03 pontos

• Postura Cênica/Criatividade:……….até 01 ponto

CONCURSO DE VIOLÃO

Cada concorrente apresentará uma música de sua autoria ou não, dentro dos ritmos gaúchos.

A comissão avaliadora concederá pontos baseando-se nos seguintes quesitos:

• Execução: ………………………….. ..até 04 pontos

• Linha melódica/harmonia:……….. ..até 02 pontos

• Ritmo: ……………………………….. ..até 03 pontos

• Postura Cênica/Criatividade:……….até 01 ponto

CONCURSO DE CHULA

Cada sapateador poderá executar figuras com 08 (oito), 12 (doze) ou 16 (dezesseis) compassos. Para efeito de ordenação musicoreográfica, a figura de “preparação” da dança deverá ter a duração de até 12 (doze) compassos, tendo o dançarino a liberdade de executá-la com sapateio ou não. Vale este momento, para que cada dançarino tenha um tempo hábil de raciocínio, a seu critério, para ajustar a sua figura em resposta. No entanto, os 04 (quatro) compassos musicais finais, serão sapateados obrigatoriamente.

Cada chuleador executará figuras de acordo com a tabela abaixo:

Piazito………………………………….4 figuras

Mirim: ………………………………… 5 figuras

Juvenil: ……………………………….. 6 figuras

Adulto: ………………………………… 8 figuras

Veterano………………………………. 5 figuras

Todos os sapateadores deverão estar presentes no sorteio de duplas no inicio de cada categoria. Se o concorrente estiver participando de outro concurso, o mesmo deve ser representado.

Caso os concorrentes não estejam presentes para o sorteio das duplas, estarão automaticamente desclassificados.

A comissão avaliadora concederá pontos baseando-se nos seguintes quesitos:

• Qualidade da figura: ………………….. até 05 pontos

• Agilidade e postura do sapateador: até 03 pontos

• Criatividade: …………………………….. até 02 pontos

A comissão avaliadora descontará pontos de acordo com os seguintes quesitos:

• Batida na lança: ……………………….. ………até 02 pontos

• Perda de ritmo: ………………………… ………até 02 pontos

• Imperfeição da figura: ……………….. ………até 01 ponto

• Aspecto musical (incorreta execução):       até 01 ponto

CONCURSO DE DANÇAS TRADICIONAIS

O III ENCONTRO CULTURAL E CAMPEIRO premiará aos três primeiros grupos de danças apontados pelos avaliadores em cada categoria (mirim, juvenil, adulto e veterano).

Os concursos serão realizados em fase única, não havendo fase classificatória. As danças deverão ser apresentadas com coreografias constantes nos livros “Danças Tradicionais Gaúchas” edição MTG/RS, o Gaúcho, Danças, Trajes e Artesanatos, Folk Pampiano, Festos Rurais, Fandangueiros Orelhanos, Toques e Outras Marcas dos Antigamente, de Paixão Cortes.

As invernadas mirins e veteranas apresentarão 03(três) danças de livre escolha, sendo uma de cada bloco, enquanto que, as invernadas juvenis e adultas apresentarão 04(quatro) danças de livre escolha, sendo uma de cada bloco.

BLOCOS – ADULTO

Bloco A                                  Bloco B                                 Bloco C                        Bloco D

Cana Verde                          Chotes Duas Damas            Anú                                   Balão Caído

Caranguejo                           Chotes Inglês                       Balaio                               Bentevi

Chimarrita                            Chotes Par Trocado            Chimarrita Balão          Graxaim

Chico Sapateado                 Chotes Sete Voltas              Roseira                             Queromana

Havaneira Marcada            Chotes Sete Passos             Sarrabalho                    Queromaninha

Mazurca Galopeada            Faca Maruja                         Tatu                                  Valsa das Cadenas

Rancheira Carreirinha        Jardineira                             Tatu c/Volta Meio       Valsa da Mão Trocada

Rilo                                        Pau de Fitas                          Tirana do Lenço               Vaneirão Sapateado

Pericon                                   Tirana do Ombro                 Vinte e Quatro

BLOCOS –  JUVENIL

Bloco A                                  Bloco B                                 Bloco C                             Bloco D

Cana Verde                          Chotes Carreirinho             Balaio                                    Balão Caído

Caranguejo                           Chotes Duas Damas            Chimarrita Balão                Queromana

Chimarrita                            Chotes Inglês                       Chico Sapateado                 Queromaninha

Havaneira Marcada            Chotes Par Trocado            Rancheira Carreirinha      Mazurca Marcada

Pezinho                                    Chotes Sete Passos             Sarrabalho                            Mazurca Galopeada

Maçanico                              Chotes Sete Voltas                      Tatu                                 Vaneirão Sapateado

Tatu c/Volta Meio

BLOCOS –  MIRIM

Bloco A                                  Bloco B                                 Bloco C

Cana Verde                          Chotes Carreirinho             Chimarrita Balão

Caranguejo                           Chotes Duas Damas            Chico Sapateado

Chimarrita                            Chotes Inglês                       Rancheira de Carreirinha

Pezinho                                                 Chotes Ponta e Taco           Sarrabalho

Maçanico                              Chotes Par Trocado            Tatu Castanholas

Mazurca Marcada               Chotes Sete Voltas              Tatu c/Volta Meio

Os grupos Veteranos escolhem as danças livremente entre os blocos acima. Obrigatoriamente uma de cada bloco.     Blocos (mirim, A, B e C – juvenil e Adulto escolhe três entre A, B, C e D). Quando escolhidas as danças, terão que ser as três do mesmo conjunto de blocos, ou seja, as três da mirim ou da juvenil ou da adulta, não podendo pegar uma do bloco A da mirim, outra do bloco B da juvenil e outra do bloco D da adulta. Os grupos que não observarem este quesito estarão automaticamente desclassificados.

Todos os grupos deverão dançar todas as danças com no mínimo 6 (seis) pares de dançarinos. Se essa norma não for obedecida, o grupo perderá os pontos das danças apresentadas com menos de seis pares.

Os musicais dos grupos de danças, subirão ao palco com o máximo de 5 (cinco) componentes. Cada músico poderá representar até três entidades distintas, desde que, em caso de já haverem tocado juntos, nem um dos elementos voltem a se encontrar no palco novamente. A desobediência desse item acarretará na perda da nota deste quesito de todas as invernadas envolvidas.

A nominata dos músicos será entregue juntamente com a nominata dos dançarinos e os mesmos deverão apresentar seus documentos antes de subirem no palco.

OBS.: Os grupos não poderão repetir danças já apresentada nas etapas anteriores do 13º FNCG (se for constatada tal irregularidade, a nota da dança repetida será zerada).

Não serão permitidas coreografias de entrada e saída. Os grupos que não obedecerem a este quesito perderão 01(um) ponto da nota final. Porém poderá subir ao tablado com o levante da primeira dança ou com uma música que identifique o grupo.

A apresentação das invernadas, no sábado, será feita na ordem mirim e juvenil, de acordo com a ordem inversa de inscrição e por entidade. Logo após, serão as invernadas veteranas.

A primeira entidade a se apresentar no sábado e no domingo deverá estar postada com seus músicos 15 minutos antes do início do concurso para passar o som. Os demais grupos terão somente 05 (cinco) minutos para tal tarefa, perdendo 01 ponto por minuto ou fração da nota final se ultrapassar o tempo determinado.

OBS.: O grupo que for chamado pelo apresentador e não comparecer ao palco perderá 01 (um) ponto da nota final a cada 05 (cinco) minutos de atraso ou fração.

Os concorrentes das modalidades individuais perderão até 02 (dois) pontos, da nota final se seus acompanhantes não estiverem corretamente pilchados.

PREMIAÇÃO

Todos os concorrentes classificados em 1º, 2º e 3º lugares individuais e grupos de danças em 1º, 2º, 3º, 4º e 5º , receberão troféus personalizados do III ENCONTRO CULTURAL E CAMPEIRO.

O III ENCONTRO CULTURAL E CAMPEIRO premiará a entidade CAMPEÃ GERAL com um troféu. Para a escolha do Campeão Geral somente poderão pontuar nas modalidades individuais os 02(dois) melhores colocados de cada entidade em cada concurso.

Os critérios de pontuação para a escolha do Campeão Geral deverão seguir o somatório da fórmula abaixo:

  • · Concursos Individuais        = Nota x 01,0
  • · Concursos de Danças        = Nota x 10,0

PREMIAÇÕES

O III ENCONTRO CULTURAL E CAMPEIRO premiará as 10 primeiras entidades melhor colocadas no geral, com uma ajuda de custo. Para a escolha destas entidades será levado em consideração os mesmos critérios da escolha do CAMPEÃO GERAL.

AJUDA DE CUSTO

A Ajuda de Custo instituída pelo Centro de Tradições Gaúchas Porteira do Rio Grande para os CONCURSOS ARTÍSTICOS, no III ENCONTRO CULTURAL E CAMPEIRO, a realizar-se de 22 a 24 de fevereiro de 2013, no Parque Nicanor Kramer da Luz, em Vacaria – RS, é a seguinte:

- Ajuda de Custo do 1º ao 10º Classificado no somatório Geral – Entidades R$700,00(Setecentos Reais) – Total= R$7.000,00(Sete Mil Reais).

CTG PORTEIRA DO RIO GRANDE

COFAT-COMITÊ ORGANIZADOR DE FESTIVAIS DE ARTE E TRADIÇÃO