O CTG

CTG Porteira do Rio Grande

Durante o Congresso Tradicionalista de Santa Maria, Getúlio Marcantônio firmou o propósito de fundar um CTG em sua terra, assim nasceu o CTG Porteira do Rio Grande.

Em julho de 1955, Getúlio Marcantônio consultou o diretor da antiga rádio Difusora – Otelo Jaques – sobre a possibilidade de levar ao ar, durante um mês, um programa tradicionalista. Franqueado o microfone, iniciou o programa juntamente com jovens, onde artistas como músicos, declamadores, trovadores, etc. participaram. Sendo assim, nas suas últimas edições, foi realizado a divulgação do objetivo: convidar os gaúchos vacarianos para a fundação de um CTG. Foi marcado 2 assembléias no salão da Prefeitura,onde,na primeira assembléia não teve número suficiente de pessoas,já na segunda assembléia compareceram 60 tradicionalistas.

Nasceu o CTG de Vacaria, porém faltava o nome do CTG. Assim, foram abertas sugestões onde vários conterrâneos colaboraram. Entre as sugestões enviadas, a comissão composta pelos senhores Dr.Cássio Costa, Osmar Paim Terra e Dorival Guazzelli escolheram por unanimidade o nome “Porteira do Rio Grande” Centro de Tradições Gaúchas, sugerido pela professora Jurema de Oliveira Terra.

Como lema do CTG Getúlio Marcantônio sugeriu e foi aceito: “Palanque do passado, esteio do futuro”.

Foi, então, realizado um baile no salão do Clube do Comércio Para comemorar com grandiosa festa a fundação do CTG Porteira do Rio Grande.

Primeira Patronagem do CTG

  • Patrão – Dorival Guazzelli
  • Capataz – Osmar Paim Terra
  • Sota Capataz – Plínio Zingalli
  • 1º Agregado – Nabor de Azevedo Guazzelli
  • 2º Agregado – Luiz Adão Rahade Gonzaga
  • 1º Posteiro – Ubirajara Albuquerque
  • 2º Posteiro – José Mansur Abrahin
  • CONSELHO DE VAQUEANOS
  • Major Laurindo Paim Sobrinho
  • João Moreira Duarte
  • Leandro da Silveira Porto
  • Leovegildo Guazzelli
  • Eliziário Fernandes Moraes
  • Cássio Costa
  • Nilo Barcelos
  • Wenceslau Mâncio Ferreira
  • Antônio Paim de Andrade Filho
  • Noel Marcantônio

Patronagens do CTG Porteira do Rio Grande

2012 – 2014: Patrão: Neuri Adão de Lima Fortuna
Primeira Prenda: Elisandra Alves Kuse

2010 – 2012: Patrão: Luis Schons
Primeira Prenda: Tessália Paim Farioli

2008 – 2010: Patrão: Luis Schons
Primeira Prenda: Luana Souza Bueno

2006 – 2008: Patrão: Adroaldo Chales de Vargas
Primeira Prenda: Juliane Pacheco Paim

2004 – 2006: Patrão: Adroaldo Chales de Vargas
Primeira Prenda: Karina Roveda Boeira

2002 – 2004: Patrão: Emiliano Cilon Silveira
Primeira Prenda: Damaris B. Néri

2000 – 2002: Patrão: Emiliano Cilon Silveira
Primeira Prenda: Fabíola Jesus de Souza

1998 – 2000: Patrão: Emiliano Cilon Silveira
Primeira Prenda: Paola F.M. Hoffmann

1997 – 1998: Patrão: Cláudio Vieira
Primeira Prenda: Elaine Pereira Ribeiro

1995 – 1996: Patrão: Luis Carlos Bossle da Costa
Primeira Prenda: Juliane Borges
Primeira Prenda: Juliana Paim Lovato

1993 – 1994: Patrão: Nilson Hoffmann
Primeira Prenda: Alessandra Pegorini

1991 – 1992: Patrão: Nilson Hoffmann
Primeira Prenda: Cassiana Graeff

1989 – 1990: Patrão: Flávio Guazzelli
Primeira Prenda: Lisiane Boeira Rech

1987 – 1988: Patrão: Percy de Almeida Guerreiro
Primeira Prenda: Amália Godinho Paim

1985 -1986: Patrão: Pedro Peroni
Primeira Prenda: Denise do Amaral Teixeira

1983 – 1984: Patrão: Firmino Antônio J. Branco
Primeira Prenda: Marines Teixeira

1981 – 1982: Patrão: João Valdai Lourenço Duarte
Primeira Prenda: Andréa Boamar

1979 – 1980: Patrão: João Valdai Lourenço Duarte
Primeira Prenda: Anahida Bueno Guerreiro

1977 – 1978: Patrão: João Teodoro Duarte Guazzelli
Primeira Prenda: Cleodir Batalha

1975 – 1976: Patrão: Renato de Oliveira Barellos
Primeira Prenda: Eliza Rodrigues

1973 – 1974: Patrão: Nerímio Almeida
Primeira Prenda: Eliza Dinara Guagnini

1971 -1972: Patrão: Hugo Teixeira de Lemos
Primeira Prenda: Dinara Guagnini

1969 – 1970: Patrão: Protásio Duarte Guazzelli
Primeira Prenda: Rita Paim

1967 – 1968: Patrão: Ruy de Oliveira Barcellos
Primeira Prenda: Susana Pinotti

1966: Patrão: João Joaquim Ferreira
Primeira Prenda: Eva Boeira

1965: Patrão: Filisbino Lisboa Carneiro
Primeira Prenda: Belonira Peixoto

1964: Patrão: Bento Telles de Abreu
Primeira Prenda: Belonira Peixoto

1963: Patrão: Flávio Guazzelli
Primeira Prenda: Nely Biasus

1962: Patrão: Onésimo Carneiro Duarte
Primeira Prenda: Íris Pinotti Ferreira

1961: Patrão: Sebastião Peixoto
Primeira Prenda: Ironita Bueno

1960: Patrão: Wenceslau Ferreira Filho
Primeira Prenda: Alba Mariano da Rocha

1958 – 1959: Patrão: Getúlio Marcantônio
Primeira Prenda: Alba Mariano da Rocha

1956 -1957: Patrão: Eloar Guazzelli
Primeira Prenda: Alba Mariano da Rocha

1954 – 1955: Patrão: Dorival Guazzelli
Primeira Prenda: Alba Mariano da Rocha

Em 1957, o CTG Porteira do Rio Grande realizou um concurso de poesias para comemorar o Dia do Gaúcho, onde a Vencedora foi Dalva Soldatelli com o título de O Tropeiro.

Para comemorar o Aniversário do Porteira do Rio Grande a Diretoria juntamente com os colaboradores decidiram fazer uma festa.Como modelo se tinha os rodeios dos Estados Unidos,porém para reviver nossos costumes e diferenciar acrescentou-se ao termo “rodeio” o adjetivo “crioulo”.